PRÁTICA EDUCATIVA RESPONSÁVEL COM CRIANÇA ATÉ 03 ANOS

Apresentação

A Educação é a construção contínua do ser humano e a interpretação de todas as dimensões da sua vida através dos saberes, das aptidões, das habilidades, da capacidade de discernimento e de ação; nos quais o educador deve ser responsável pela promoção de inúmeras atividades planejadas e contextualizadas no ambiente escolar.

Em relação aos educadores que atuam com bebês de até três anos, observou-se inúmeras dificuldades de professores em dezenas de salas de aulas de diversas realidades sociais e culturais independente de seu nível de formação, muitas dificuldades no sentido de vislumbrarem a sua importância e responsabilidade no desenvolvimento de situações que contemplam várias práticas que por algum motivo não são inseridas e nem estimuladas de maneira consciente com esse público infantil.

Constata-se uma quantidade de contribuições muito mais significativas para o trabalho que envolve crianças de 4 a 6 anos apoiadas em conteúdos teóricos, explorados pelo educador com atividades palpáveis e direcionadas do que para esse outro perfil de aluno onde crianças de 0 à 3 anos são inseridas na escola (creche) com o atributo em grande parte apenas para receberem cuidados alimentares e de higiene.

Conforme afirma Batista 2009, muitos estudos mostram numerosas descobertas sobre as imensas possibilidades precoces dos bebês que ainda no útero já demostram sinais claros de uma vida que se desenvolve em interação e com possibilidades além de reflexas.

O professor precisa conhecer as características de cada fase do desenvolvimento desses bebês para atuarem com objetivos pedagógicos na promoção de práticas educativas intencionais perpassando por vivências significativas e desenvolvendo-se de fato.

Nesse sentido o papel do docente no âmbito escolar permeará à cada criança com ou sem limitações físicas, cognitivas etc se desenvolverem através de seus limites, diferentes formas de brincar, sentir e explorar o mundo por meio de ações contínuas e contextualizadas.

Promover práticas previamente elaboradas e planejadas para cada uma das quatro fases de desenvolvimento da criança até os seus três anos de idade irá contribuir para o desenvolvimento cognitivo, emocional e social dessa faixa etária propiciando ao pequeno educando se desenvolver de maneira que suas necessidades sejam atendidas e favorecidas.

A falta de conhecimento sobre essa fase ou o simples fato de alienação de sua importância dada pelo educador dissemina equívocos desastrosos. (Bandioli, 1998).

Público Alvo

Docentes de escolas públicas e particulares do ensino infantil, e discentes dos cursos de pedagogia e normal superior.

Programa

ABORDAGEM TEÓRICA
Nascimento, Caracterização e Desenvolvimento Histórico do Conceito e do Lugar Social da Infância;
O Desenvolvimento Cognitivo da Criança Segundo Jean Piaget;
Por Uma Prática Educativa Com Crianças Até 3 Anos;
A Importância do Professor como Mediador e Norteador de Um Brincar Epistêmico;
A Construção do Conhecimento Por Meio do Brincar.

COMO PLANEJAR E DESENVOLVER DIVERSAS INTERVENÇÕES LÚDICAS
O Cotidiano da Criança Até 3 Anos e os Diferentes Modos de Brincar;
Organizando os Espaços e o Tempo: “Cantos” de Descobertas e Aprendizagens;
O Cotidiano da Criança Até 3 Anos e os Diferentes Modos de Brincar;
Brincar, Desenvolver e Aprender Através de Outras Intervenções Lúdicas.

COMO CONFECCIONAR MATERIAIS LÚDICOS PARA O DESENVOLVIMENTO SENSORIAL E COGNITIVO
Promoção de Ações Diversificadas Para Cada Faixa Etária, Desenvolvimento de Ambientes Acolhedores e Planejamento Diário.
Serão Demonstrados Inúmeros Materiais Concretos Confeccionados à Partir dos Recursos que Cada Realidade Escolar Está Inserida na Busca por Experiências Concretas, Vivenciais e Significativas.

EXPOSIÇÃO E TROCA DE EXPERIÊNCIAS
A proposta do Curso Será Colocada em Prática Onde Cada Professor Irá Desenvolver Individualmente ou Em Grupos Conforme a Demanda da Turma, Confeccionar, Aplicar e Compartilhar Suas Experiências em Sala de Aula Através de Um Seminário que Poderá Ocorrer Em Datas Previamente Determinadas.

FECHAMENTO
Considerações Finais
Referências

 

Corpo docente

Profa. Janaína Vieira