A SOCIOLOGIA E A FILOSOFIA VÃO AO CINEMA: ANALISANDO FILMES COM O AUXÍLIO DOS CLÁSSICOS

Apresentação

A proposta do Curso A Sociologia e a Filosofia vão ao Cinema: Analisando Filmes com o auxílio dos Clássicos é trabalhar a análise de filmes, videoclipes e peças publicitárias a partir de uma visão sociológica e filosófica, desenvolvendo um trabalho interdisciplinar entre as áreas das ciências humanas e da criação audiovisual. O objetivo é, assim, proporcionar aos estudantes uma perspectiva de leitura do cinema, relacionada com o pensamento sociológico e filosófico a partir de um elenco de temas presentes em várias narrativas. As questões da morte e da finitude humanas, os Movimentos Culturais de Juventude, o trabalho no mundo contemporâneo, as relações afetivas e familiares, a interação entre o cinema e outras linguagens e as dimensões da diversidade humana na atualidade.

Público Alvo

Todos os interessados nas áreas de Filosofia, Sociologia, Literatura e Análise Cinematográfica.

Programa

Aula 1 

Cinema e Movimentos Culturais de Juventude

 

Filmes Analisados

 

Sem Destino (Easy Rider, 1969, dir. Dennis Hopper)

Procura Insaciável (Taking Off, 1971, dir. Milos Formam)

Hair (Hair, 1979, dir. Milos Forman)

 

Aula 2

A Sociologia, o Cinema e a questão do Suicídio (Émile Durkheim e Erving Goffman)

 

Filmes Analisados

 

Se enlouquecer, não se apaixone (It’s Kind of a Funny Story, 2010, dir.  Ryan Fleck e Anna Boden)

Star (Heize, 2016, Videoclipe)

 

Aula 3

O Cinema e a Questão do Trabalho

 

Filmes Analisados

 

Tempos Modernos (Modern Times, 1936, dir. Charlie Chaplin)

Arquivo X, Loucura coletiva (Episódio 19/5a. Temporada, 1997)

Os Simpsons/E com a Maggie já são três (Episódio 13/6a. Temporada, 1995)

 

Aula 4

A Questão da Diversidade: Uma cena contemporânea em Filmes e Videoclipes

 

Filmes Analisados

 

Vídeos/Depoimentos

Ney Matogrosso, David Bowie, Laerte, Jaloo, MC Linn Da Quebrada, Liniker, Rico Dalasam, Gloria Groove, Pabllo Vittar.

 

Filmes Publicitários

 

Corpo docente

Prof. Caio Aguilar Fernandes