Segundo a coordenadora da A2ML, Marisa Heredia, a sustentabilidade inicia-se pela integração dos cursos e com os setores administrativos. “Alunos, docentes e colaboradores têm participação ativa em toda a dinâmica dos processos”, explica.

Ao longo do ano, várias atividades compreendem a Agenda do Moura Lacerda:

Apoio ao Concurso Ambiarte

O Centro Universitário apoiou o 4º Concurso de Desenho e Frases – Ambiarte – realizado pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Pardo (CBH – Pardo) – voltado ao Ensino Fundamental e ao Ensino Médio, das redes municipais, estadual e particular, dos 27 municípios que compõe a Bacia do Pardo, tendo como temática “Água e Energia”. Os 12 trabalhos vencedores constituíram o calendário 2015 do CBH – Pardo.

Condema e CBH – Pardo

O Moura Lacerda, representado pela professora Marisa Heredia, tem importante participação no Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Condema), com atuações na Câmara Técnica de Educação Ambiental e na Câmara Técnica de Política e Gestão Ambiental, e em comissões especiais. A profissional integra, ainda, o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Pardo, a Câmara Técnica de Planejamento e Gerenciamento de Recursos Hídricos e é, atualmente, Secretária da Câmara Técnica da Agenda 21 e Educação Ambiental.

Compostagem

Em fase de implantação, o projeto de Compostagem – desenvolvido pelo curso de Agronomia, com o apoio da graduação de Publicidade e Propaganda e da coordenação de Comunicação da Instituição – é baseado no conceito de responsabilidade compartilhada. A atividade atenderá ao processo de reciclagem dos resíduos orgânicos das cantinas e de restos de podas de árvores do Moura Lacerda. Visa também a produção de adubo e a orientação à comunidade de como fazê-lo e a redução do lixo que é gerado. O material produzido será utilizado no paisagismo da Unidade II/Campus e para fins de doação.

Coautoria em livro

A professora Marisa Heredia escreveu uns dos artigos para a obra “Educação Ambiental – formação continuada de multiplicadores, bacia hidrográfica e a qualidade da água como temas geradores: resgate histórico”, lançado em 19 de novembro de 2014, pela editora RIMA. O título “O processo participativo da questão ambiental: o caso da microbacia do córrego das Palmeiras – Ribeirão Preto (SP)”, aborda a importância das relações interinstitucionais no êxito de projetos em educação ambiental e salienta a informação como fator determinante na construção da consciência ambiental.

Restauração de paisagismo

Atualmente, os cursos de Arquitetura e Urbanismo e de Agronomia trabalham uma proposta de restauração do paisagismo na Unidade II/Campus. A ação, abrangente e integradora, atende a diferentes necessidades como sombreamento; conforto térmico; bem estar e convivência dos alunos, beleza cênica, pouso e alimentação para aves; retenção de escoamento hídrico etc.

Im teil diskussion knnen ghostwriter hausarbeit sie die aufnahmekommission mit ihrer meinung, ihren fhigkeiten, ihrer motivation sowie mit ihren bisherigen praktischen erfahrungen in bildung, kultur und medien berzeugen